Cameras HDCVI – Qualidade e Bom Preço

Cada vez mais companhias de todos os tamanhos e residências investem em soluções de monitoramento eletrônico à procura de segurança. Saiba qual papel a tecnologia HDCVI representa nesta história.

As tecnologias mais básicas de câmeras analógicas, ainda amplamente utilizadas no Brasil, transmitem imagens com pouca nitidez e manifestação de imagem. O avanço e origem da tecnologia IP, uma tecnologia digital, (link para o post) foi que permitiu resoluções de imagens em alta definição HD (720p), ou Full HD (1080p) – prevendo assistir ainda maiores resoluções no futuro.

A partir da existência destas duas tecnologias, foi que surgiu o sistema HDCVI para CFTV, unindo o melhor do analógico e do digital com equipamentos que transmitem imagens com qualidade de sistemas mais avançados, porém com o custo da tecnologia convencional.   Todos nós nos preocupamos com nossa segurança e de nossas casas ou lojas, antigamente câmeras de seguranças conseguiam capturar as imagens, mas dificilmente pessoas eram reconhecidas por elas pela baixa qualidade da imagem que eram capazes de transmitir.

A tecnologia HDCVI veio para atender uma necessidade bastante comum em iniciativas de segurança eletrônica: aumentar a qualidade das resoluções de vídeo, sem exaltar demais o orçamento. Para acrescentar o sistema HDCVI não é preciso alterar a infraestrutura do projeto. As soluções em equipamentos existentes no mercado possuem um consumo barato e permitem que se utilize os mesmos cabos e acessórios da tecnologia analógica, seja em um novo ou já existente projeto que necessita de melhorias ou uma atualização.

Possui um cabeamento igual aos usados nas instalações analógicas convencionais são capazes de serem usados com a saída HDCVI. Utilize os cabos coaxiais do mercado e, se preferir, utilize cabeamento UTP, em conjunto com um balun passivo e conversores de mídias específicos para tecnologia HDCVI.

E vem com todas as facilidades necessárias, obtendo-se dessa maneira um custo x benefício perfeito. A qualidade de imagem dos itens Intelbras HDCVI é afim à dos sistemas de segurança mais robustos. Um dos pontos fortes dessa tecnologia é o esforço da saída, que utiliza os mesmos cabos, acessórios e entendimento técnico de instalação dos sistemas analógicos convencionais, isto é, não necessita substituir o cabeamento ou realizar cursos específicos para instalar os produtos HDCVI.

Tem uma qualidade excelente de imagem e som. A nova tecnologia utiliza uma modulação diferente para transmissão da imagem, mais resistente contra atenuação e ruídos de instalação, além de ser pouco susceptível a interferências eletromagnéticas. Oferece também, mais alcance de transmissão e a integração dos sistemas de áudio e controle PTZ, tudo isto trafegando por meio de um único cabo de vídeo (coaxial ou UTP + balun).

Isto chegou ao fim com as novas câmeras HDCVI, que pode capturar imagens em Full HD (1080p) transmitindo dessa maneira uma imagem nítida de fácil identificação.

Também possuindo uma oportunidade de atualização. A saída HDCVI é a aberta ideal para quem precisa fazer uma atualização nos sistemas de monitoramento, trocando as imagens do sistema analógico convencional por um projeto em HD com um pequeno investimento.

Veja alguns estilos de câmeras HDCVI:

Câmera Dome

Como o próprio nome diz, estes modelos de câmeras de segurança tem a forma de um dome. Na realidade é uma câmera dentro de um dome. Bastante populares, são muito usadas em locais no qual a acordo e o bom acabamento são essenciais, uma vez que ela encontra-se bem instalada na parede ou abrigo e são pequenas.  Percebe-se que, pela própria qualidade, a câmera dome substituiu a mini câmera, uma vez que possui como proveito a qualidade de imagem e a presença do infravermelho.

A atenção que precisa ser acostumada a este forma de câmera é que a maior parte desses modelos de câmeras de segurança não possui um índice de proteção que a permitam instalá-las em locais externos, embora algumas possam.

Câmera Speed Dome

A câmera speed dome é a maior câmera entre os modelos de câmeras de segurança e também a mais cara.  Geralmente encontrada em monitoramento de aeroportos e shoppings é fácil percebida pelas pessoas, uma vez que é uma câmera em maneira de Dome bastante grande. Nos dias de hoje há no mercado speed domes menores, chamadas de mini speed domes.

A vantagem do speed dome, além da ótima qualidade de imagem, são os recursos embarcados lhe que permitem a movimentação por meio de uma alimentação controladora e a capacidade de dar um zoom em tempo real.

Agora você já sabe qual câmera adquirir no momento em que quiser a segurança excelente pra sua casa ou comércio. Alta qualidade de imagens, no modelo que você necessita, no melhor custo-benefício.

Câmera infravermelha

É a princípio uma câmera noturna, isto é, precisa ser instalada apenas em locais no qual o baixo brilho requer uma câmera com infravermelho, não sendo indicada para todas as ocasiões.  Câmera infravermelha não é uma classificação específica de um modelo de câmera de segurança, porém sim uma câmera que tem leds (diodos emissores de luz de frequência infravermelhos) que se acendem no momento em que seu sensor de brilho indica falta de luz essencial para absorção das imagens.

Câmera de Segurança Bullet

A mais comum é a chamada Bullet. Câmeras Bullet estão se tornando mais e mais popular, visto que eles fazem instalações simples. Estas câmeras vêm pré-embaladas, com câmera e docente em um gabinete ambiental que é IP66. Tudo que você precisa fazer é montá-lo, acrescentar força e um acoplamento de rede. Com PoE, o poder vem mesmo por intermédio da rede. Há uma grande diversidade de configurações em câmeras analógicas bullet, e agora está liderando o caminho por intermédio da abertura de versões IP. Você pode acreditar para analisar essa formação de modelos IP expandindo nos próximos meses.

Rastreadores para cargas obrigatórios nas apólices

Por qual motivo precisamos utilizar um localizador para cargas em nossa frota?

Sempre que transportarmos as mercadorias em alto valor agregado, a partir disto, os índices de roubos, principalmente em grandes centros urbanos por exemplo, e seus arredores da grande São Paulo por exemplo, são bastante altos.

A partir disto, todas as seguradoras vem colocando as suas apólices e os sistema de PGR há a obrigatoriedade de utilização das iscas eletrônicas para uma localização de cargas, como por exemplo eletrônicos, os medicamentos, bem como cafés, agrotóxicos, implementos agrícolas e outros tipos de produtos alimentícios inclusive.

Como funciona a duração de bateria dos rastreadores de iscas móveis?

São pelo menos quatro configurações existentes de baterias, estas que poderão ter entre uma duração de 45 dias, entre 30 dias e 15 dias e até mesmo uma semana. A boa diferença é que tudo deverá ficar no tempo de posicionamento a partir do localizador.

Sempre que tivermos um menor intervalo de tempo de posicionamento, temos uma menor duração de bateria. A partir disto, basta que se entenda o total funcionamento para a sua operação entender qual a situação mais adequada. Caso seja para viagens de curta distância, é melhor que se utilize de iscas com posicionamento em cada minuto, mas no caso de viagens com muitos dias de duração este tempo pode inclusive ser aumentado para mais de uma hora.

Para a distribuição urbana qual a isca é mais recomendável? E quanto a logística reversa, como funciona?

Na maioria das vezes, as operações de distribuição consideradas urbanas contam com uma viagem que pode ser realizada com a duração de somente algumas horas. E para isto é recomendado que o rastreador móvel tenha um posicionamento realizado a cada minuto.

As durações de baterias das iscas são de até sete dias, com este prazo é possível ir até o local de entrega e retirar o localizador. Em um sistema online, é possível ver a localização de todas as iscas de sua frota gerando um melhor serviço.

Existe diferença entre apólice avulsa e aberta?

A apólice, por ser o contrato do que o seguro de transportes cobre, deve determinar todas as características do serviço a ser oferecido pelas companhias de seguro. Entre as diferenças de uma para a outra é que a avulsa é direcionada a clientes que realizam embarques com baixa frequência, sendo assim, a cada embarque é aberta uma nova apólice com as especificações do serviço de maneira detalhada.

A aberta já possibilita a abertura de vários “contratos” usando apenas uma apólice. Por intermédio das averbações é que as mercadorias transportadas serão relacionadas, emitindo uma para cada embarque senda necessidade de uma nova apólice para o seguro.

Porque os vidros blindados são essenciais no nosso dia a dia

maxresdefault

Cada vez mais, as pessoas estão optando por usarem vidros blindados em automóveis, construções e toda sorte de ambiente que envolva segurança de bens ou de pessoas. Tornou-se tão comum o uso dessa tecnologia que, atualmente, é difícil encontrar uma fachada de prédio que não possua vidros a prova de balas.

 

Mas, o que isso pode dizer a respeito da nossa sociedade ? Por um lado existe a necessidade de se proteger da violência crescente, principalmente nos grandes centros urbanos, por outro existem várias empresas que viram a necessidade do mercado e se especializaram na colocação desses elementos de segurança.

 

Muito longe de enfrentarmos projéteis dos mesmos tipos que são usados nas zonas de guerra, a tecnologia de blindagem teve que se adequar ao dia a dia e está cada vez mais presente na vida do cidadão comum.

 

Claro que com essa proteção, as pessoas convidam os criminosos a criarem e desenvolverem armas cada vez mais potentes e que burlem essa segurança. E dessa maneira, a roda viva do comércio da proteção girará, cada vez que uma nova arma for disponibilizada existirá um vidro capaz de reter seus projéteis.

 

Para quem está acostumado a ver filmes de ação policial onde os criminosos conseguem usar armas de grosso calibre, possuir a tecnologia de blindagem em seu carro ou residência é apenas uma maneira de mostrar que está afinado com a tecnologia e o que é feito dela.

 

5 aplicações para vidros blindados que protegem você todos os dias

 

Com a correria do dia a dia, acabamos não prestando atenção no mundo que nos cerca. Entramos e saímos de lojas e estabelecimentos sem perceber todo o conforto e segurança que nos rodeia. Costumamos reclamar de alguns procedimentos mas precisamos pensar que eles podem valer nossas vidas.

 

1 – Bancos

Toda agência bancária possui a fachada com vidros blindados, isso é uma necessidade que funcionários e clientes precisam ter para estarem protegidos. A ousadia dos ladrões é muito grande, e é comum ouvirmos dizer que uma agência foi aberta a balas através de sua fachada envidraçada.

 

2 – Agências de valores

Casas de câmbio, lojas lotéricas, empresas de investimento de valores, todas elas possuem além dos vidros blindados, sistema de segurança por câmera e portas blindadas. Esses locais costumam ter valores em dinheiro muito altos, precisam dessa proteção.

 

3 – Fachadas prediais

Depois da onda de arrastões em prédios residenciais, a necessidade de uma guarita de segurança completamente blindada tornou-se primordial. Assim, a maioria dos prédios residenciais possui vidros blindados na entrada e recepção.

4 – Guaritas

As empresas que possuem vigias noturnos ou sistema de segurança interno, possuem vidros blindados protegendo esses profissionais. O primeiro lugar onde os assaltantes vão é render os guardas que possam existir, com essa tecnologia isso fica bem mais difícil.

 

5 – Veículos

Pessoas que possuem cargos importantes em empresas, chefes de estado, presidentes e todo tipo de pessoa famosa possui veículo com tecnologia de blindagem. Isso é necessário principalmente em locais onde existe retaliação pelo cargo que a pessoa possui (diplomatas em países hostis, por exemplo).